Descoberta de sistema planetário vem com promessa de surpresas

Mais numeroso sistema de planetas conhecido fora do sistema solar tem três planetas na zona habitável de sua estrela

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

cab_steiner

logo_radiousp790px00_zero

Exoplanetas que orbitam a estrela anã Trappist-1, a cerca de 40 anos-luz da Terra, podem ter água líquida - Ilustração: ilustração: NASA/JPL-Caltech via Wikimedia Commons
Exoplanetas que orbitam a estrela anã Trappist-1, a cerca de 40 anos-luz da Terra, podem ter água líquida – Ilustração: ilustração: NASA/JPL-Caltech via Wikimedia Commons

Há algumas semanas, um time de astrônomos europeus e americanos descreveu  o Trappist-1, um sistema de sete planetas do tamanho da Terra, localizados a apenas 40 anos-luz de distância de nós – o que é relativamente perto considerando as dimensões cósmicas. Por sua posição, três deles poderiam ter água em suas superfícies, possibilitando a existência de vida. Em sua coluna Entender Estrelas, na Rádio USP, o professor João Steiner comenta os próximos passos na investigação deste sistema.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados