Cresce o apoio da população à pena de morte no Brasil

Os que mais defendem a aplicação da pena máxima têm idades que variam de 25 a 34 anos

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
  • 2
  •  
  • 8
  •  
  •  

O apoio da população à pena de morte no Brasil foi de 57%, de acordo com levantamento do Instituto Datafolha. O aumento foi de dez pontos porcentuais quando comparado à última pesquisa, em 2008, que era de 47%.

O Datafolha ouviu mais de 2.765 pessoas de 192 cidades brasileiras e a faixa etária que é mais favorável é a de 25 a 34 anos de idade : 61% se disseram favoráveis à execução de condenados.

O professor Daniel Pacheco Pontes, da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FDRP) da USP, conta que no Brasil existe a pena em tempos de guerra. “Atualmente, não existe pena de morte, mas, se eventualmente, o Brasil entrar em guerra, nós teremos”, explica.

Ele ainda comenta sobre os principais argumentos em defesa dessa aplicação, como, por exemplo, a inibição para que outros crimes não aconteçam. “Para que isso efetivamente surta efeito de inibição, a gente precisaria da certeza de punição”, afirma.

Por Ferraz Junior

  • 2
  •  
  • 8
  •  
  •  

Textos relacionados