Copa dos Refugiados acolhe pessoas de 16 países

Professor da USP e vereador repercutem sobre importância de políticas de auxílio a refugiados no Brasil

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

O Brasil é signatário dos principais tratados internacionais de direitos humanos e é parte da Convenção das Nações Unidas de 1951 sobre o Estatuto dos Refugiados e do seu Protocolo de 1967. Por conta disso, políticas públicas são incentivadas, a fim de promover inclusão social entre os refugiados.

Em São Paulo, a Copa dos Refugiados, um evento que terá sua final disputada no estádio do Pacaembu no próximo domingo, integra a agenda da cidade e reúne 240 cidadãos de 16 países. Para o vereador Caio Miranda, essa iniciativa representa um alento para os refugiados e simboliza que são bem-vindos.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados