Comum na velhice, degeneração da mácula pode atingir todas as idades

Professor Eduardo Rocha conta que envelhecimento, traumas e doenças genéticas podem causar a degeneração da mácula

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na coluna Fique de Olho desta semana, o professor Eduardo Rocha fala sobre degeneração da mácula. A mácula, conta, concentra as melhores condições para enxergar, recebe informações da leitura e possui maior quantidade de células capazes de distinguir cores.

Segundo Rocha, a degeneração da mácula é um dos problemas mais frequentes em relação à perda visual no mundo. Normalmente, a degeneração é notada com o envelhecimento, mas pode acontecer em outras idades, causada por doenças genéticas e traumas.

O professor explica que o diagnóstico é feito pelo formato e gravidade da degeneração; assim, pode propor desde proteção contra luz excessiva até, em alguns casos, uso de medicamentos. Ouça acima, na íntegra, a coluna Fique de Olho, com o professor Eduardo Rocha.

Por: Giovanna Grepi

 

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados