Descoberta deixou a possibilidade de vida extraterrestre mais perto

Astrofísico explica o que há de tão especial na descoberta do planeta mais próximo da Terra fora do nosso sistema solar

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

cab_steiner

Ouça a coluna do astrofísico da USP João Steiner:

logo_radiousp790px

Concepção de artista da superfície de Proxima Centauri b, descrito como um planeta semelhante à Terra - Foto: M. Kornmesser/ESO
Concepção de artista da superfície de Proxima Centauri b, descrito como um planeta semelhante à Terra – Foto: M. Kornmesser/ESO

Encontrado em agosto deste ano por pesquisadores do European Southern Observatory (ESO), o Proxima Centauri b é um exoplaneta – como são chamados os planetas fora do nosso sistema solar – que orbita ao redor da anã vermelha Proxima Centauri, a estrela mais próxima do Sol, a cerca de 4,2 anos-luz (ou 40 trilhões de km) de distância da Terra. Além de ser o exoplaneta conhecido mais próximo de nós, o Proxima b reúne condições para ter abrigado – ou mesmo abrigar – algumas formas de vida.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados