Colunista comenta votação do projeto de renegociação da dívida dos Estados

Para Singer, os deputados, ao votarem da maneira como o fizeram, estão dizendo ao governo que não dá para prosseguir com a atual política sem que ocorra uma grave perda de apoio social

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

00_zero

Reunião de líderes para discutir sobre o projeto que trata da recuperação fiscal dos estados - Foto: Gilmar Felix/ Câmara dos Deputados
Reunião de líderes para discutir sobre o projeto que trata da recuperação fiscal dos Estados – Foto: Gilmar Felix/ Câmara dos Deputados

A Câmara aprovou, na quarta-feira (21.12), o projeto de renegociação da dívida dos Estados com a União. Para o colunista André Singer, a votação foi bastante ruim para o governo, pois a medida aprovada facilita a renegociação, por parte dos Estados, sem a contrapartida que aquele esperava  que fossem tornadas obrigatórias (privatizações, aumento da contribuição previdenciária dos funcionários públicos, congelamento de reajustes já negociados com servidores etc.).  Essa derrota do governo, diz Singer, vale como um alerta que deveria ser levado a sério pelo Executivo. Os deputados estão reagindo a uma situação que está se tornando grave para os Estados e que está diretamente ligada às finanças de cada uma das unidades da Federação.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados