Certificado socioambiental beneficia produtores agrícolas

Pesquisador ressalva que falta informação aos agricultores e fiscalização do governo

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Estudo realizado no Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) destaca os benefícios que as certificações socioambientais podem trazer aos produtores de café em termos financeiros, produtivos e na relação com os trabalhadores.

Carlos Via, professor do Departamento de Economia, Administração e Sociologia da Esalq, detalha que o estudo se concentrou nos cafeicultores do cerrado mineiro. A intenção agora é expandir a pesquisa a outras regiões, explica o especialista.

Muitas normas de cuidado ambiental na produção agrícola estão consolidadas no País, avalia Via. No entanto, o professor conta que o Estado falha na fiscalização. Nesse sentido, as certificações são uma iniciativa de caráter autorregulatório, que auxiliam na preservação do solo, da água e evitam a contaminação dos alimentos. Além disso, o pesquisador destaca que o investimento na adequação de certificados socioambientais permite ao produtor uma melhor gestão dos insumos, levando a um ganho de produtividade e a uma melhor relação com os funcionários.

Esses benefícios diminuem a resistência que muitos agricultores ainda têm em relação às despesas com a certificação. O professor Via enfatiza a importância de informar os produtores do retorno que eles podem obter tanto para si  mesmos quanto para o meio ambiente.

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

Você pode ouvir a entrevista completa no player acima.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados