Casal homoafetivo já tem direitos antes exclusivos do hétero

José Fernando Simão comenta o que mudou desde então e o que ainda precisa ser alterado

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

A união estável entre pessoas do mesmo sexo foi reconhecida, em 2011, por decisão unânime do Supremo Tribunal Federal (STF). “Foi o primeiro passo de uma caminhada”, avalia o professor José Fernando Simão, docente do Departamento de Direito Civil (DCV) da Faculdade de Direito (FD) da USP, que comenta o que mudou desde então e o que ainda precisa ser alterado.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados