Carta de Dilma Rousseff ao Senado não deve afetar julgamento do impeachment

O cientista social André Singer considera que, mesmo sem produzir efeito na votação do impeachment, a carta é uma espécie de testamento da presidente afastada

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

logo_radiousp790px

Foto: Lula Marques/Fotos Públicas
Foto: Lula Marques/Fotos Públicas

Na coluna desta semana, o cientista social André Singer avalia os efeitos da carta que a presidente Dilma Rousseff enviou ao Senado e o grande pacto nacional de eleições diretas que ela propõe.

 

 

 

 

 

 

.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados