Cantareira tem maior queda de nível desde fim da crise hídrica

Augusto José Pereira Filho avalia que estamos numa situação muito mais confortável que há dois anos

De acordo com dados da Sabesp, o Sistema Cantareira apresentou a maior queda de nível de água desde o fim da crise hídrica, em março de 2016.

O professor Augusto José Pereira Filho, docente do Departamento de Ciências Atmosféricas do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP, analisa o quadro e aponta fatores causadores da diminuição das reservas de água. E tranquiliza: “No período de inverno, normalmente, a reservação cai, mas nós estamos numa situação muito mais confortável que há dois anos”.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •