Brasil não deveria importar etanol de milho

Professor Goldemberg explica que combustível dos Estados Unidos é menos vantajoso, pois sua produção libera muito CO2

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

A cadeia produtiva da cana-de-açúcar brasileira anda preocupada com a importação de etanol. Tanto que já se discute a adoção de tarifa de importação desse combustível, em especial do etanol de milho dos Estados Unidos. Em sua coluna semanal, o professor José Goldemberg comenta esse quadro e explica porque o etanol norte-americano é menos vantajoso que o brasileiro.

Ouça na íntegra.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados