Brasil fica fora do Conselho de Segurança da ONU até 2033

Marginalização do Brasil no cenário internacional representa um desprestígio para o país

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn1Print this pageEmail

20170321_00_conselho_seguranca_onu1
Conselho de Segurança da ONU – Foto: UN/Mark Garten

O Brasil não apresenta sua candidatura ao Conselho de Segurança das Nações Unidas desde 2010. O País sempre participou no rodízio que se faz da América Latina no Conselho de Segurança, mas abandonou a prioridade da política externa.

Acontece que apenas em 2015 o Brasil se candidatou. Como todas as vagas já tinham sido preenchidas, nossa nação vai ficar fora do Conselho até 2033. Essa situação representa um desprestígio para o país. Vamos ficar sem voz por 22 anos, de 2010 a 2033. A marginalização, o descaso e o encolhimento do Brasil no cenário internacional constituem uma mudança radical da nossa política externa.

Para corrigir esse erro, vai ser preciso um trabalho diplomático insistente para convencer algum país menor a dar lugar ao nosso país.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn1Print this pageEmail

Textos relacionados