Aviões elétricos ficam para o futuro

Por enquanto, os aviões ainda dependem do petróleo para levantar voo e se manter no ar

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Luli Radfahrer retoma a sua coluna “Datacracia” para especular sobre aviões elétricos. Afinal, carros elétricos já são uma realidade, por que então não sonhar com um avião movido inteiramente à eletricidade? A principal dificuldade, segundo o colunista, é a questão da bateria. “Baterias elétricas são ainda muito pesadas e muito pouco eficientes”, razão pela qual a energia derivada do petróleo ainda é imprescindível para o avião poder levantar voo e se manter no ar. Pelo menos por enquanto. Talvez, num futuro bem próximo, o avião elétrico se torne uma realidade, ainda que isso levante uma outra discussão, a da geração de recursos naturais.

Ouça a coluna, na íntegra, no link acima.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados