Aumenta consumo de álcool entre adolescentes

Coma alcoólico e envolvimento em acidentes de trânsito estão entre os problemas mais comuns dos jovens consumidores

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Nos bares, nas baladas e, muitas vezes, em casa, o álcool está sempre presente, mas o que é usado para diversão também pode ser preocupante.

De acordo com dados da Pesquisa Nacional de Saúde Escolar (PeNSE), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2016, 55% dos alunos do 9º ano, entre 13 e 14 anos, já experimentaram bebida alcoólica.

Foto: Pixabay_CC

A pesquisa também revela que a proporção dos jovens que já experimentaram drogas ilícitas subiu de 230,2 mil para 236,8 mil. E que 21,4% já sofreram algum episódio de embriaguez na vida.

O professor Erikson Felipe Furtado, do Departamento de Neurociências e Ciência do Comportamento da Faculdade de Medicina em Ribeirão Preto (FMRP) da USP, fala sobre os efeitos do álcool nos jovens.

Para ele, quanto mais cedo uma pessoa se envolve com consumo pesado de álcool, maior a probabilidade de que venha a ter complicações. Entre os problemas da ingestão, estão coma alcoólico, indisciplina com compromissos e envolvimento em acidentes de trânsito.

Por Giovanna Grepi

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados