Aumento da produção industrial pode influenciar política do País

O colunista André Singer acredita que, se a tendência de crescimento se confirmar, o governo interino será beneficiado

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Acompanhe o comentário do professor André Singer na coluna “Poder e Contrapoder” desta semana:

logo_radiousp790px

Foto: Gilson Abreu/Fotos Públicas
Foto: Gilson Abreu/Fotos Públicas

Na transição de maio para junho, a produção industrial registrou um aumento de 1,1%. Segundo o professor André Singer, se essa tendência se confirmar nos próximos meses, os impactos políticos devem ser significativos. Singer aponta que esse ritmo de crescimento é positivo para todos os brasileiros, independente da orientação política, pois é positivo para a nação. Ele evidencia, no entanto, que a confirmação dessa tendência deve favorecer o governo interino de Michel Temer e aumentar a probabilidade de afastamento definitivo de Dilma Rousseff.

Segundo Singer, dois pontos devem ser levados em consideração: primeiramente, não é possível afirmar se o crescimento da produção industrial traz consigo a retomada do crescimento econômico como um todo e qual será o vigor desse processo. Além disso, o aumento se deve mais à impossibilidade de piora do cenário do que, de fato, às ações tomadas pelo atual governo.

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados