Aneurisma contribuiu para morte cerebral de Marisa Letícia

Os médicos chegaram a anunciar melhoras no estado de saúde da ex-primeira dama

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail
Marisa Letícia - Foto: VisualHunt
Marisa Letícia – Foto: VisualHunt

A repórter Rose Talamone (Rádio USP) ouviu o professor Octávio Marques Pontes-Neto (FMRP) sobre a morte de Marisa Letícia. Acompanhe:

logo_radiousp790px

Nesta quinta-feira (2) , fomos surpreendidos com a morte cerebral da Dona Marisa Letícia, esposa do ex-presidente Lula, em decorrência de um AVC, Acidente Vascular Cerebral.

Um dia antes, os médicos chegaram a anunciar uma melhora no quadro de Dona Marisa, depois de nove dias internada e de ter passado por vários procedimentos, em uma tentativa de reverter seu grave quadro de saúde.

Para entender o que aconteceu, ouvimos o professor Octávio Marques Pontes-Neto, do Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento da Faculdade de Medicina da USP Ribeirão Preto e chefe do serviço de Neurologia Vascular e Emergências Neurológicas do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto.

 

 

 

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados