Água é ponto crucial para se pensar em desenvolvimento sustentável

Professora diz que o tratamento dado a esse recurso natural incide sobre questões ambientais, sociais e econômicas

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  

jorusp

Brasília está sediando o 8º Fórum Mundial da Água. O evento, que começou no dia 18 e vai até o dia 23 de março, traz nesta edição o tema Compartilhando Água. O fórum é uma oportunidade de mostrar ao mundo a necessidade de apoio à Agenda 2030, um plano de ação da ONU que visa ao desenvolvimento sustentável. Patrícia Iglecias, superintendente de Gestão Ambiental da USP, avalia que a água é ponto transversal nessa discussão e que ela perpassa toda a agenda social, ambiental e econômica tratada na 2030.

No terceiro dia do 8º Fórum Mundial da Água, nesta terça (20), pelo menos 100 parlamentares de cerca de 20 países reuniram-se na conferência O papel dos parlamentos e o direito à água – Foto: Andre Borges / Agência Brasília

A professora comenta que cuidar da água é sinal de desenvolvimento e que a proteção desse recurso natural se coloca hoje como um grande desafio para o mundo. Nesse sentido, a universalização do saneamento básico é o principal objetivo almejado, por ser pré-requisito para todas as outras metas em vista, como a diminuição da desnutrição e a limpeza dos rios.

Sobre o Rio Tietê, por exemplo, Patrícia afirma que os milhões investidos há décadas em programas de recuperação das águas não surtirão efeito, enquanto todo o território não for contemplado com saneamento, que envolve coleta e tratamento de esgoto, abastecimento de água potável, manejo de água pluvial, limpeza das cidades e controle de resíduos. Hoje, a região ainda apresenta falhas nesse serviço e no de fiscalização. Os programas têm, então, limitações práticas, são como “cachorro correndo atrás do próprio rabo”, conclui.

Você pode acessar as últimas notícias do Fórum Mundial da Água pelo site do evento: http://www.worldwaterforum8.org/pt-br/news.

Acompanhe, também, os painéis de discussões temáticas, que contam com a presença de vários especialistas da USP: http://www.worldwaterforum8.org/pt-br/sua-voz

Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular. Você pode ouvir a entrevista completa no player acima.

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados