A tragédia dos prédios invadidos no centro de São Paulo

Uma catástrofe anunciada. Pessoas que enfrentam problemas com a falta de moradia invadem prédios desocupados, trazendo risco de vida não só a elas, mas também aos moradores de imóveis vizinhos

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  

A luta do Corpo de Bombeiros para salvar vidas soterradas no prédio que desabou no dia 1 de maio, na região central de São Paulo, deixa claro o descaso das autoridades públicas em relação aos imóveis abandonados. A professora Raquel Rolnik, da FAU-USP, conversou com a repórter Sandra Capomaccio sobre a falta de uma política pública de moradia entre os governos federal, estadual e municipal.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 3
  •  
  •  
  •  
  •