A onipresente cultura afro no imaginário brasileiro

Os arquétipos africanos estão presentes no imaginário brasileiro e não há como negá-los

Share on Facebook48Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Danse de la Guerre, de 1835 - Ilustração: Johann Moritz Rugendas
Danse de la Guerre, de 1835 – Ilustração: Johann Moritz Rugendas via Wikipédia Commons

A obrigatoriedade do ensino da história da África e das culturas afro- brasileiras passa pela constatação de que as culturas africanas e afro-brasileiras são essenciais em vários aspectos e estão presentes em nosso dia a dia. Esses elementos também estão na nossa psique – aquilo que o psicólogo Carl Gustav Jung chama de “inconsciente coletivo”. Dessa forma, a nossa visão de mundo como brasileiros passaria por elementos africanos essenciais, como diz o professor Ricardo Alexino Ferreira em sua coluna semanal para a Rádio USP.

Share on Facebook48Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados