A arte sem Ferreira Gullar

O poema “Uma fotografia aérea” retrata o impacto que Gullar sofreu ao ver uma foto de São Luís do Maranhão, datada de décadas atrás

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

cab_wisnik

00_zero

 

Foto: Reprodução/Vídeo via Fronteiras do Pensamento
Foto: Reprodução/Vídeo via Fronteiras do Pensamento

O professor Guilherme Wisnik, em sua coluna desta semana, homenageia o poeta e escritor Ferreira Gullar, recitando o poema Uma fotografia aérea, no qual  o autor, recentemente falecido, celebra São Luís do Maranhão, sua cidade natal. Esse poema está presente no livro de poesias Dentro da Noite Veloz, de 1975.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados